Acesso Dedicado - Um espaço para coisas interessantes

twitterFacebookGoogle PlusLinkedInRSS FeedEmail
2leep.com

Arquivo do AD

Posts sendo visitados

SITES & BLOGS


Lomeutec - Tutoriais e Informação
2leep.com
2leep.com
2leep.com
2leep.com


Há anos eu aviso familiares sobre suas práticas com relação à escolha de senhas de má qualidade. Ou eles usam senhas facilmente hackeáveis, ou esquecer as senhas que criaram - às vezes ambos.
Se você não acredita em mim, amada família, considere as declarações sobre o Dia da Senha (sim, aparentemente é algo) de Robert Siciliano, da McAfee: "74% dos internautas usam a mesma senha em vários sites, por isso, se um hacker obtém sua senha, ele terá, por tabela, acesso a todas as suas contas. Reutilizar senhas de e-mail, contas bancárias e de mídias sociais, pode levar ao roubo de identidade e perda financeira".
Qual é a solução? É mais fácil do que você imagina. Para começar, vá até a página da Intel (essa daqui do Password Grader) para testar o quão facilmente pode ser quebrada a sua senha atual. (O site promete não reter qualquer informação, embora ainda recomenda-se que você não use a senha real - então use algumas combinações semelhantes.)

De lá você pode rolar a tela para baixo para ver um simples processo passo a passo para transformar a sua senha de "hackeável" para "indecifrável". (Há uma versão mais longa e mais informativa deste infográfico no blog do Siciliano - e ele não exige que você use o Password Grader, se você preferir não fazer isso.)
O principal argumento aqui é evitar a habitual mistura de letras, números e sinais de pontuação (que você foi aconselhado a fazer muitas vezes) e, em vez disso, optar por uma combinação mais fácil de ser lembrada.
Então, por exemplo, se sua senha é algo como "PCW0rldD4ve", você pode se dar melhor se mudá-la para "Eu amo ler PC World!". Parece loucura, mas como McAfee e  a Intel mostram, não se trata de complexidade, mas sim comprimento.
E você poderia adaptar uma frase semelhante a todos os outros sites que você visita: "Eu amo ler Facebook!", por exemplo, e assim por diante. Agora você tem a diversidade e a simplicidade na palma da mão. A única pegadinha é que alguns sites não permitem que você use espaços, e outros podem limitar o comprimento da senha.
Mas vale a pena tentar.
Fonte:idgnow

Política de Publicações


Acompanhe este tutorial e aprenda como sincronizar a legenda com a fala do filme. Além de garantir que nenhum diálogo será perdido, você ainda poupa o tempo que perderia buscando por outras versões de legenda.
Passo 1. Antes de executar o filme no reprodutor, é importante que oarquivo de vídeo e o arquivo de legenda (.srt) estejam na mesma pasta e com nomes iguais.
Passo 2. Execute o arquivo de vídeo no VLC Media Player. Caso o passo anterior tenha sido seguido, a legenda com o mesmo nome do filme será automaticamente detectada.
Passo 3. Com o filme escolhido aberto no VLC, clique em “Ferramentas” e, em seguida, em “Sincronização da Trilha”.
Passo 4. Marque a diferença de tempo entre a legenda e a fala e escolha entre atrasar/adiantar a legenda ou o áudio do filme, de acordo com a necessidade.
Passo 5. Insira o valor correspondente ao tempo de dessincronia no campo Áudio/Vídeo ou Legenda/Vídeo e clique no símbolo com duas setas azuis, no canto superior direito.
Pronto! Agora é só clicar em "Fechar" e aproveitar o filme!
Fonte:Techtudo

Política de Publicações

Problema ocorre desde sexta (12) e algumas pessoas não conseguem acessar o e-mail, outras tiveram sua caixa de entrada apagada. Microsoft ainda não se pronunciou
Usuários do Hotmail em todo o mundo estão relatando problemas ao tentar acessar suas contas de e-mail. O primeiro sinal foi dado na sexta-feira (12/10), mas parece ter piorado nesta terça-feira (16/10). Um número considerável de usuários escreveu no site da Comunidade da Microsoft que eles receberam a seguinte mensagem: "Algo deu errado e não podemos conectá-lo no momento. Tente novamente mais tarde".

Há a possibilidade de que o problema possa estar relacionado ao fato de que usuários renomearam suas contas para utilizar o novo Outlook.com, como parte da reforma feita no serviço de webmail gratuito.



O moderador do fórum, Shikha_G, disse no próprio dia 12 que a Microsoft "investigou o assunto e corrigiu algumas coisas de back-end", por isso a mensagem de erro não deverá aparecer mais.

No entanto, alguns usuários afirmaram ainda estar enfrentando o mesmo problema, e outros relataram receber mensagens de erro diferentes, tais como: "Desculpe, parece haver um problema com o Hotmail no momento" e "Estamos atualizando sua caixa de entrada. Por favor, tente novamente em alguns minutos".

Em alguns casos extremos, essas pessoas não conseguem acessar suas contas por mais de uma semana. Outros tiveram suas caixas de entrada aparentemente esvaziadas, dando origem a preocupações de que suas mensagens foram perdidas ou excluídas.

A Techworld contatou a Microsoft para esclarecimentos, mas a empresa não respondeu até o fechamento desta matéria.

Na ausência de uma explicação, usuários têm levado ao Twitter seus desabafos e frustrações.

"HOTMAIL conserte-se sozinho, preciso terminar um trabalho", escreveu @chelseacatilo.

"Como o hotmail não tem um serviço ao cliente, bloqueando os meus e-mails sem nenhum motivo", acrescentou @matinbehzad.

Em agosto, a Microsoft começou a implantar o serviço de webmail que substituirá o Hotmail, na tentativa de afastar as pessoas dos concorrentes Gmail e Yahoo Mail.

O Outlook.com é integrado ao Exchange ActiveSync, para que diversas contas do site possam ser sincronizadas em uma variedade de dispositivos. Ele também inclui o Office Web Apps - versões online do Word, Excel, PowerPoint e OneNote, juntamente com o serviço de armazenamento em nuvem SkyDrive.

O Outlook.com não deve ser confundido com o cliente de e-mail Outlook para PC, nem com o Outlook Web App, que dá acesso aos usuários do Exchange para as suas contas por meio de um navegador.

View the original article here


Publicada em 17/10/2012 12:09

Anote aí: a partir de agora a classificação de vídeos do YouTube recompensa aqueles mais atraentes, que mantêm os telespectadores o assistindo por mais tempo. Como? Através de um ajuste no algoritmo de classificação, que passa a dar peso maior para o tempo pelo qual um vídeo foi assistido.
Está claro para a Google que apesar de as pessoas gastarem mais de 4 bilhões horas por mês assistindo a vídeos no YouTube, há muito a crescer para se tornar uma mídia mais importante na vida das pessoas. Por conta disso, ao longo dos últimos meses, desde maço deste ano, o pessoal do YouTube tem feito algumas mudanças para encorajar as pessoas a gastarem mais tempo não só assistindo, como interagindo e compartilhando conteúdo com outras pessoas.
A intenção, com essa nova mudança do algoritmo, é aumentar o tempo de permanência dos internautas no YouTube, ranqueando melhor na busca e nas listas de recomendação os vídeos que realmente mantém os espectadores engajados, em vez dos vídeos que atraem mais cliques. É a qualidade passando a influir mais do que a quantidade de visualizações. Assim, a  Google acredita que os visitantes do YouTube passarão a ter acesso a um conteúdo mais agradável e os criadores aumentarão as chance de conquistarem públicos-alvo mais atentos e envolvidos.
A mudança no algoritmo vem acompanhada também da inclusão do tempo de visualização dos vídeos nas estatísticas do YouTube Analytics.

Mas nem todo mundo gostou da novidade. Há quem já esteja preocupado com efeitos colaterais, como a tendência de automaticamente fazer vídeos mais longos,evitando  vídeos mais curtos. Assistir a um vídeo de 1:30 minutos até o fim é melhor ou pior que assistir 1:30 minutos de um vídeo semelhante com 10 minutos de duração? Como a Google está tratando esses casos? Se os usuários do Youtube assistirem três vídeos de curta duração por duas horas, em vez de um vídeo de 1 hora durante dez minutos, os três vídeos de poucos minutos serão favorecidos?
A resposta, aparentemente, está no próprio post que anuncia a mudança, no blog oficial para parceiros do YouTube: ” Foque em fazer grandes vídeos que seus fãs amem e compartilhem, e os incentive a descobrir o que o YouTube oferece, e você verá a sua própria base de fãs crescer também
“.
Outro post mais antigo, de agosto deste ano, deixa a questão mais clara: “Temos ouvido sobre alguns criadores que investem em vídeos curtos, intencionalmente, na tentativa de obterem uma maior taxa de retenção. Infelizmente, isso não vai ajudar. O seu vídeo não tem mais chances de ser visto apenas porque é mais curto. Por outro lado, também sabemos que alguns criadores investem em vídeos maiores, intencionalmente, assumindo que os vídeos mais longos levam a um tempo de visualização maior. Isso também não é necessariamente verdadeiro, porque pode ser mais difícil de manter os telespectadores envolvidos através de um vídeo mais longo. Nossa principal recomendação é para que vocês foquem simplesmente em continuar fazendo vídeos grande, interessantes, que o público ame, e fique longe de estratégias de otimização questionáveis
.”
Desde 14 de março, o algoritmo do Google que sugere vídeos passou a dar mais peso a vídeos (com vídeos relacionados e recomendados) que a favorecem uma sessão de visualização mais longa e mais interessante, em vez de apenas o número de espectadores que clicaram no vídeo. Métrica pode ser monitorada no YouTube Analytics através do Relatório de retenção de público. Agora, o algoritmo passa a contabilizar também o tempo pelo qual o vídeo foi visto, na tentativa de mensurar  o engajamento dos usuários, combinando os dois fatores.
Portanto, caso queira ser um campeão de audiência e estar sempre bem ranqueado no YouTube, identifique seus vídeos com os maiores tempos e taxas de visualização no YouTube Analytics e concentre-se na estratégia de produção e programação deste tipo de vídeo.

View the original article here

Com a chegada do Windows 8 em breve, aspectos do novo sistema operacional relacionados à proteção anti-malware e outros recursos de segurança estão em foco.
Em comparação com versões anteriores do Windows, a Microsoft está tomando uma abordagem bem diferente - e, provavelmente, muito melhor - na forma como o novo OS executará a proteção antimalware, segundo o pesquisador da empresa de antivírus ESET, Aryeh Goretsky. Essa estratégia, chamada de "Early Launch Anti-Malware" (algo como, "Lançamento Antecipado Antimalware"), significa, basicamente, que o primeiro driver de software a ser carregado no Windows 8 será o do software de proteção.

Esta é uma mudança grande, porque antes, era uma "terra de ninguém", diz Goretsky. Ou seja, o primeiro driver a ser carregado anteriormente na máquina do usuário era aleatório e "um driver de dispositivo malicioso" poderia ser o primeiro, permitindo que o malware desabilite o software de proteção, antes de ser detectado.
A Microsoft colocou algumas proteções para garantir que os softwares antimalware de fornecedores que tenham passado por processo de revisão da assinatura digital da Microsoft seja carregado primeiro, com o intuito de verificar se o sistema está limpo antes de continuar o processo de inicialização, diz Goretsky.

Software antivírusHá, no entanto, um porém: a própria Microsoft está distribuindo seu software antimalware chamado Windows Defender. Então, a menos que o usuário o tenha desinstalado, ele será o primeiro software antivírus a ser carregado. Uma vez que alguns fornecedores de computador ganham dinheiro por meio de parcerias com grandes fornecedores, como Symantec e McAfee, eles podem desinstalar o software antes que o OS chegue ao alcance do consumidor, comentou Goretsky.
No quesito "desinstalação do software antivírus" - sendo ele da Microsoft ou não - o novo sistema também apresentou um enorme progresso, de acordo com Goretsky. Isso porque, pela primeira vez, as exigências da Microsoft deixam claro como os pacotes de software de segurança têm que ser cuidadosamente removidos, quando solicitado pelo usuário.
O pequeno segredo da indústria é de que softwares antimalware são conhecidos por fazer alterações de registro e outras modificações no sistema operacional que, basicamente, dificultam a volta ao seu estado anterior, diz Goretsky. Segundo o especialista, muitas vezes há uma confusão de drivers de dispositivos e serviços que continuam rodando mesmo quando, em teoria, o software foi desinstalado. Isso faz com que o sistema operacional não seja tão simples para o próximo antimalware que tiver que lidar com ele.
Há outros aspectos de segurança do Windows 8 interessantes, ressalta. Um deles é o chamado "Unified Extensible Firmware Interface", que requer um firmware assinado digitalmente para ser usado durante a inicialização, a fim de evitar um rootkit interfira no processo, tornando-o seguro. Esse tipo de processo é baseado nos padrões UEFI da indústria e apoiado pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia.

View the original article here

As conhecidas carinhas poderão aparecer em respostas no Feed de notícias. Recurso não está disponível para dispositivos móveis iOS e Android
Desde o final da semana passada, o Facebook habilitou os tradicionais emoticons utilizados no bate-papo para que pudessem aparecer em comentários de postagens feitas no Feed de notícias. Vale lembrar que a rede social ainda não permite inseri-los em atualizações de status.
A novidade também não abrange aplicativos para dispositivos móveis com iOS ou Android. Ainda assim, se o usuário digitar um atalho do emoticon pelo iPhone, por exemplo, ele não poderá visualizar o emoticon no momento da escrita, mas, se acessar a mesma postagem no desktop, a "carinha" estará lá.


Todos os emoticons utilizados no bate-papo aparecem na caixa de comentário
O site fbsmileys.com criou uma lista com todos os atalhos de emoticons disponíveis no Facebook. Tem os atalhos para os mais básicos, como a carinha de feliz ":)", ou triste ":(", e até algumas figuras divertidas como um tubarão, um robô, um pinguim e até Chris Putnam - um hacker que programou um vírus para o Facebook, em 2005, que transformava a interface da rede no antigo estilo do MySpace e que, depois da "brincadeira", acabou contratado por Mark Zuckerberg.
Divirta-se!

leia na íntegra

Se você gostar de alguma publicação, use um pouco do tempo que você vai economizar se beneficiando das explicações ou do entretenimento dessa leitura e retribua deixando o seu comentário. Não é uma obrigação, mas isso beneficia muito o Acesso Dedicado. Então se o A.D. te ajudou, ajude o A.D. também. Fazer um comentário é muito rápido, não oferece qualquer complicação.

Se você é dono de Blog ou Site e gostou de alguma publicação, não plagie. Seja um bom companheiro, veja os Termos de Uso do Acesso Dedicado e não copie o conteúdo das postagens.

E se você víu algum conteúdo em algum lugar que foi plagiado daqui, boicote o site ou blog que cometeu plágio. Não permita que pessoas que oferecem conteúdo de qualidade sejam prejudicadas por meros copiadores. Façamos uma internet melhor.

Plágio é crime: (lei nº 9.610, de 19.02.98, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais, publicada no D.O.U. de 20.02.98, Seção I, pág. 3 por decreto do então presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO)